Sua coleção de mídia

2019-set-10

Emissão zero na vida cotidiana: ZF EVplus entrega mais opções para o híbrido plug-in

  • Eletromobilidade sem ansiedade de autonomia: O PHEV é o carro elétrico para todas as circunstâncias
  • O veículo conceitual da ZF tem autonomia de mais de 100 quilômetros em modo totalmente elétrico com uma única carga de bateria
  • Híbridos plug-in levam rapidamente à maior eletromobilidade e níveis reduzidos de emissão de CO2 no trânsito

Friedrichshafen/Frankfurt am Main. A ZF está demonstrando que híbridos plug-in (PHEV) podem ser considerados veículos verdadeiramente elétricos. Movido apenas por alimentação elétrica, o veículo conceitual ZF EVplus tem autonomia superior a 100 quilômetros em condições reais. Essa é uma autonomia suficiente para a maioria dos condutores, cobrindo distâncias de deslocamento diários - com apenas uma carga de bateria. Isso torna a eletromobilidade possível no uso do dia a dia para um amplo grupo de clientes. Para viagens mais longas ocasionais, nas férias ou fim de semana, o motor entra em ação. A ZF está revelando seu conceito EVplus na IAA 2019.

Mostrar mais
Emissão zero na vida cotidiana: ZF EVplus entrega mais opções para o híbrido plug-in

Na Alemanha mais de 88% dos viajantes profissionais percorrem distâncias inferiores a 100 quilômetros em seus carros. O PHEV cobre essas distâncias inteiramente no modo elétrico – com apenas uma única carga de bateria. A ZF está provando que, com seu veículo conceitual EVplus sua autonomia totalmente elétrica superior a 100 quilômetros cobre a necessidade diária de mobilidade de uma vasta maioria de viajantes frequentes, incluindo grande parte das famílias, sem que seja necessário recarregar o veículo no caminho.

“Para nós, o EVplus marca uma mudança de paradigma em híbridos plug-in”, explica o Stephan von Schuckmann, Head da Divisão de Tecnologia de Powertrain de Carros de Passeio da ZF. “Graças ao EVplus, a próxima geração de híbridos plug-in são veículos elétricos adequados para uso diário. “A maior autonomia elétrica oferece direção com emissão zero localmente em rotas cotidianas. Ao mesmo tempo, o motor elimina a ansiedade relacionada à autonomia que incomoda os condutores, ajudando a acabar com as reservas quanto à compra de veículos elétricos. Como consequência, os veículos PHEV podem rapidamente garantir que mais viagens sejam cobertas totalmente no modo elétrico, reduzindo as emissões locais de CO2 no trânsito. Outra vantagem é que baterias significativamente menores podem ser instaladas nos veículos PHEV em comparação com veículos elétricos a bateria (BEV), para atingir uma alta proporção de viagens alimentadas eletricamente. Testes rodoviários com o veículo conceitual EVplus mostram que esse tipo de eletrificação funciona muito bem para o universo de viajantes e famílias: “O EVplus oferece eletromobilidade consistente para a vida cotidiana. Qualquer um que desejar viajar distâncias mais longas no mesmo veículo pode fazê-lo sem ter que parar e esperar pela recarga, com o risco de ficar parado”, explica o Dr. Michael Ebenhoch, vice-presidente sênior de desenvolvimento da Divisão de Tecnologia de Powertrain de Carros de Passeio da ZF.

Tecnologia disponível como base

O veículo conceitual EVplus é baseado em um carro de passeio de produção de volume com transmissão híbrida plug-in de oito velocidades da ZF. Os engenheiros instalaram uma bateria mais potente – com capacidade bruta de 35 KWh – em um sedan de autonomia média. Com saída contínua de 65 kW e pico de saída de até 95 kW, a potência do motor elétrico integrada à transmissão é igual ao padrão de produção seriada. Em condições reais, isso permite que o veículo conceitual da ZF cubra uma distância superior a 100 quilômetros de modo totalmente elétrico com uma única carga de bateria - em qualquer momento e com sistemas auxiliares ativos, como sistema de ar condicionado ou aquecimento, Qualquer um que queira embarcar em viagens mais longas eventuais tem uma vantagem decisiva com o EVplus, graças a seu motor de combustão interna, que pode ser ativado quando necessário. Desta forma distâncias mais longas também podem ser cobertas.

Maior potência elétrica, menor combustão interna

Com a autonomia aumentada do EVplus em modo totalmente elétrico, o comportamento do usuário também aumenta. Frequentemente, os condutores dos veículos PHEV nem carregam a bateria. O motivo para isso é que a autonomia totalmente elétrica não é suficiente para a vida cotidiana. Isso afeta adversamente o equilíbrio de energia real desses PHEVs. As coisas são muito diferentes para o EVplus: quando carregado na garagem em casa ou no trabalho, os condutores de carros podem cobrir uma distância de 100 quilômetros totalmente no modo elétrico.

Com EVplus, as cidades do interior também podem ser acessadas no modo totalmente elétrico, eliminando emissões locais de óxido de nitrogênio e permitindo concentrações de partículas finas substancialmente mais baixas. Esse é um modo de acabar com discussões sobre proibições de dirigir e evitar restrições subsequentes à mobilidade. Em um futuro muito próximo, as estratégias apropriadas de condução e os mecanismos de controle, ou seja, “delimitações geográficas” – irão garantir que os veículos PHEV sejam conduzidos eletricamente nas cidades.

CONTATO

Ricardo Zentner

Gerente de Marketing - ZF América do Sul

+55 15 4009 2172

ricardo.zentner@zf.com

Marta de Souza